Tuesday, September 21

Samurais


Relendo Vagabond, Mangá que já perdi a conta de quantas vezes reli. Reencontrei este texto do autor.
Ele reflete muito bem minha maneira de ver.

"Uma obra é feita com a ajuda de vários outros elementos.
Um bom filme incentiva a criatividade.
Sem uma boa música, é impossível se concentrar horas e horas na frente do papel.
Conhecer o trabalho de outros colegas de profissão, feito com carinho, torna-se grande incentivo.
Depois que lançamos o trabalho feito dessa forma, chegaram às vozes dos leitores que sentiram um algo a mais.
Essas vozes me dão coragem para continuar a criar obras cada vez melhores."

Takehiko Inoue
Texto publicado originalmente no volume 4 de Vagabond, no Japão. Traduzido em Vagabond 18, Brasil.

O texto inspirou a ilustração.
Obrigado a todos, por verem e por suas palavras.

I was rereading Vagabond, a Japanese comic that I have lost track of how many times I read it, I found this text by Takehiko Inoue, the author.
It expresses my point of view perfectly well.

My translation of what he wrote is something like this;
“ A piece of work is done with the help of many other elements.
A good movie stimulates creativity.
Without good music, it is impossible to focus for hours and hours in front of a sheet of paper.
Knowing the work of other professionals, made with care, becomes a great incentive.
After publishing the work done this way, the readers’ voices who felt that difference will come to me.
These voices will give me courage to continue creating even better pieces of work.”

Takehiko Inoue.
Originally published in Vagabond Vol. #04, Japan. Translated in Vagabond #18, Brazil.

These words inspired me to do this illustration.
Thanks everybody for your words.

7 comments:

Enderson Santos said...

Sem dúvida Vagabond é um dos melhores mangás que já li, fonte rica de inspiração para qualquer trabalho.

Parabéns pela ilustração

Aldo Henrique said...

Tudo é uma reação em cadeia, elos da mesma "corrente" chamada arte.

Arte pra mim, é algo DIVINO.

Parabéns!

Frank said...

Takehiko Inoue tem um estilo inquestionável, tanto artístico como pessoal.

Obrigado por compartilhar esse pensamento e pelas ilustrações!

Grande abraço!

J. DAVID LEE said...

Fala Greg. Olha a minha versão do Musashi. http://jdavidlee1979.deviantart.com/art/Miyamoto-Musashi-sketch-117701326?q=&qo=
Também gostava muito de ler esta série, lá pelos anos de 2002, 2003.
Abração.

Clayton Barbosa said...

Íncrivel essa ilustra Greg!
Ficou um clima denso,bem característico do universo dos samurais.
Parabéns!

Rafa Louzada said...

O texto do autor é muito bom!!! Acho que ele diz o que todos os profissionais de modo geral, não somente da área artística deveriam seguir. Essas palavras são muito sabias.

A ilustra ficou muito boa tbm!!! Simples e ao mesmo tempo expressiva!

Samuel Silva said...

Nesse quesito tenho muito a falar, até por que Takehiko Inoue passa não só o maximo dele na sua obra mas o verdadeiro espirito do samurai. Sei lá o por que,sempre pensei assim, os outros trabalhos dele principalmente o Real são muito bons,mas toda a vez que eu leio o Vagabond eu sinto uma paz que nenhum quadrinho me passa ...
Parabéns pelos trabalhos Greg !